Contêiner Datacenter de mais de R$ 3 milhões é inaugurado no Tribunal de Contas

19/05/2017

Estrutura foi aberta oficialmente nesta sexta-feira e possibilita mais segurança no armazenamento e processamento de dados do TCE

O conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, Clóvis Barbosa, inaugurou o Contêiner Datacenter que concentrará toda a infraestrutura de Tecnologia da Informação responsável pelo armazenamento e processamento automatizado de dados do Tribunal. O custo do investimento é superior a R$ 3 milhões e faz parte do Planejamento Estratégico 2016-2019 da Diretoria de Modernização e Tecnologia (DMT). O evento foi realizado na manhã desta sexta-feira, 19, no Espaço Cultural do órgão, e contou com descerramento de placa e desenlace da fita inaugural.

Na avaliação do presidente, com mais segurança aos sistemas de TI, a partir de agora, a prestação de serviço do Tribunal será mais qualificada. “Nós estamos evoluindo muito em termos de sistemas. Estamos avançando, modernizando nosso parque de TI e acredito que o Tribunal de Contas, talvez a partir de agosto ou setembro, esteja em um patamar de prestação de serviço nesta área melhor ou igual aos melhores Tribunais de Contas do país”, disse Clóvis Barbosa.

Para o diretor da DMT, Cláudio Luiz da Silva, as organizações públicas demoram um pouco para se estruturarem na área de Tecnologia da Informação, apesar dos bons exemplos no Judiciário, mas agora os Tribunais de Contas estão retomando esta evolução. “O Tribunal de Contas de Sergipe de certa forma sai na dianteira, na medida em que está fazendo um investimento muito rápido nos últimos dois anos. E um símbolo maior destes investimentos é exatamente a aquisição e colocação em operação do contêiner para garantir mais segurança e disponibilidade para os nossos computadores”, declarou o diretor.

Além do contêiner, o Tribunal inaugurou a integração direta com o Estado por meio de fibra ótica, o que possibilita a disponibilidade das informações da área de finanças, orçamento e de pessoal, sem a necessidade de remessa mensal por cada órgão da administração estadual, como acontecia pelo antigo Sisap. Clóvis Barbosa lembrou que o novo sistema Sagres, que substituiu o Sisap na captura das informações dos jurisdicionados, coloca em funcionamento um modelo mais prático e seguro com a utilização de certificação digital.

O secretário-chefe da Controladoria Geral do Estado (CGE), Eliziário Sobral, que representou o governado do Estado, Jackson Barreto, disse que a modernidade tecnológica tem que vir acompanhada do aprimoramento do uso das informações. “Estamos num mundo muito desenvolvido e o Tribunal não poderia ficar aquém deste desenvolvimento, principalmente na Tecnologia de Informação. Parabenizo o presidente Clóvis Barbosa pela implantação deste Datacenter, que significa um passo à frente no Controle Externo do Tribunal de Contas”, disse Eliziário.

Estiveram presentes ainda na solenidade, a vice-presidente do TCE, conselheira Susana Azevedo, os conselheiros Carlos Alberto Sobral, Ulices Andrade e Maria Angélica Guimarães; os conselheiros-substitutos Rafael Fonseca e Alexandre Lessa; o procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira; e o procurador Eduardo Côrtes; o presidente da Câmara Municipal de Aracaju, vereador Nitinho; e o diretor executivo do Banese, Renato Augusto Cruz, representando o presidente do Banco, Fernando Soares.

Estrutura

Instalado ao lado do edifício-sede da Corte, o Contêiner pesa 15 toneladas e teve um custo total exato de R$ 3.228.499,71, já incluindo fornecimento, instalação e treinamento dos técnicos do TCE. Possui requisitos redundantes de estabilidade e disponibilidade de refrigeração e eletricidade que conta dois geradores exclusivos. Tem equipamentos de controle de temperatura e prevenção de incêndio. O acesso e o interior são monitorados por meio de circuito fechado de televisão, e uso de senha e biometria.